Hippobroma longiflora (invasora)
Hippobroma longiflora (invasora)

Hippobroma longiflora (invasora)

Nome popular: Arrebenta-boi, Cega-olho, Jasmim-da-itália, Lágrimas de San Diego

Família

Forma de vida

Ambientes preferenciais de invasão

Vetores de dispersão

Vias de dispersão

Impactos ecológicos

Origem no Flora do Brasil 2020

Tipo de vegetação de origem

, , , ,

Lista

Publicação

,

Observação

A espécie é nativa do território brasileiro, mas segundo o Instituto Horus, tem potencial invasor em áreas degradadas.

Fonte: Base de Dados Nacional de Espécies Exóticas Invasoras, http://bd.institutohorus.org.br – página: Hippobroma longiflora em 03/09/2019

Flora do Brasil 2020: http://servicos.jbrj.gov.br/flora/search/Hippobroma_longiflora em 03/09/2019

Plants of the World online (Kew science): Hippobroma longiflora em 03/09/2019

Imagem: https://commons.wikimedia.org em 03/09/2019

5 avaliações para Hippobroma longiflora (invasora)

  1. sonia dornelas

    Bom dia! Gostaria de saber sobre a toxicidade dessa planta.

    • Mônica Fischer

      Olá, Sônia! A Hippobroma longiflora é considerada uma planta extremamente tóxica. Sua seiva pode causar inflamação nos olhos, inclusive a cegueira. Além disso, ela é considerada invasora no território brasileiro, o que indica que seu uso seja evitado no paisagismo.

  2. Flora

    Olá. Tenho muito dessa planta no meu quintal,e tenho crianças (netos) devo arrancar essas plantas?

  3. EIDIANI PAULO RODRIGUES RANGEL

    Tô passada coloquei uma foto no face pra saber que planta era me apaixonei pelas flores ,agora fiquei até com medo ,

  4. OdelareveOjoara

    O QUE FAZER EM CASO DE INGESTÁO?

    • Mônica Fischer

      Olá, OdelareveOjoara, tudo bem?
      A ingestão da planta pode causar dor, queimação, náuseas, vômitos, entre outros sintomas. O melhor a se fazer, é procurar atendimento médico, para o tratamento adequado, o mais rápido possível.

  5. Alessa

    Ola eu queria saber se essas plantas além de ser tóxicas mais pode servir como um remédio sabendo-se usar?

    • Mônica Fischer

      Olá Alessa, eu já ouvi falar que essa planta tem efeitos medicinais. Mas acredito que esse uso deve ser feito com acompanhamento de pessoas e profissionais que realmente entendem da planta e como retirar dela os efeitos benéficos.

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *