Schizolobium parahyba (invasora)

Nome popular: Guapuruvu

Família

Forma de vida

Ambientes preferenciais de invasão

Capacidade de estabelecimento

Impactos ecológicos

Vetores de dispersão

, ,

Vias de dispersão

, , , ,

Recomendação do Instituto Horus

A espécie não deve ser utilizada em projetos de paisagismo, recuperação ou restauração de áreas degradadas especialmente na região de ocorrência da fitofisionomia Floresta Estacional Semidecidual. Deve-se evitar o plantio da espécie fora da área de distribuição natural, restrita à Floresta Ombrófila Densa Submontana e Montana, pois a espécie tende a dominar remanescentes degradados ou em regeneração, tendo grande facilidade de estabelecimento em bordas e clareiras de florestas.

Origem no Flora do Brasil 2020

Tipo de vegetação de origem

, ,

Histórico de invasão no Rio

Listas

, , , , ,

Observação

A espécie é nativa do estado do Rio de Janeiro, mas considerada invasora pelo Instituto Horus.

Fonte: Base de Dados Nacional de Espécies Exóticas Invasoras, http://bd.institutohorus.org.br em 19/09/2019 – página: Schizolobium parahyba

Flora do Brasil 2020: http://servicos.jbrj.gov.br/flora/search/Schizolobium_parahyba

Plants of the World online (Kew science): Schizolobium parahyba

Imagem: https://commons.wikimedia.org

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Schizolobium parahyba (invasora)”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *